Conexão, vínculo, parentalidade e o carregar como ferramenta terapêutica

18/10
8:00

Com Mercedes Granda

Seja no pai, na mãe ou em um filho, qualquer condição de discapacidade acarreta várias questões. Sem dúvidas o babywearing é uma potente ferramenta na criação do vínculo parental – mas de que maneira ela vira, de fato, terapêutica? Através do contato e do ato de carregar acontecem muitas mais coisas das que podemos imaginar, e os pormenores podem auxiliar no desenvolvimento familiar. O babywearing vira mais uma ferramenta na estimulação, potencializando ao mesmo tempo as capacidades físicas e psicológicas tanto da criança quanto dos adultos.