A Ciência do Babywearing e Apego no contexto das megatendências na lactação e na pediatria

Nos últimos anos, tanto a comunidade pediátrica aumentaram seu envolvimento na compreensão das implicações clínicas da teoria do apego e do trauma infantil. As relações seguras entre pais e filhos têm sido consideradas um dos indicativos mais fortes de saúde e prevenção de doenças. Pesquisas recentes sustentam que o babywearing pode ter o potencial de se tornar um importante meio de intervenção para melhorar os resultados da lactação e do apego. Essa palestra tem por intenção mostrar quais são as evidências científicas do babywearing nesse meio.